domingo, 30 de setembro de 2012

No Coração do Brasil


Águas quentes e cristalinas
Serpenteiam entre as pedras
E deixam no ar um suave murmúrio
Que se une ao farfalhar das árvores
E transforma-se numa doce canção de ninar.

Os pássaros chilreiam desde o amanhecer
Até o sol esconder-se, quase sem aparecer,
Mas sem nunca deixar de gorjear.

Andar pelos caminhos à noite,
Ouvindo a sinfonia dos grilos,
O coaxar dos sapos,
E ver de perto, o pisca- pisca dos vaga-lumes
É um espetáculo mágico, que a natureza,
Em parceria com o homem, pode nos oferecer
No Rio Quente, em Goiás, bem no coração do Brasil.

Terezinha Brandenburger
Imagem: Google
Respeite os direitos autorais.

Um comentário: