sábado, 22 de outubro de 2016

Nas asas da poesia





Minha alma quer voar nas asas da poesia;

Quer ouvir música na voz do vento...

No  sorriso das crianças, encontrar alento,

Pra ter esperança de melhores dias!



Quer ver a sabedoria iluminando a ciência,

Com uma experiência que transforme o mundo,

Pra receber a paz, como um solo fecundo,

Pela semente do amor, brotada da consciência!



Minha alma quer voar nas asas da poesia...

E, somente ao voltar para a terra, a alegria,

Poderá repousar, na beleza de um “sol-por”...



Pousar, por fim, na aurora de um novo dia,

Tendo a fé e a certeza de que a sabedoria,

Conseguiu ainda em tempo, reinventar o amor!




Zulma de Bem


2 comentários: